Diminuir Tamanho da Letra Aumentar tamanho da Letra

Serviços e Exames

Endoscopia / Colangiopancreatografia Endoscópica Retrógrada

O Exame

Colangiopancreatografia Endoscópica Retrógrada é um exame usado para o diagnóstico de distúrbios do pâncreas, ductos biliares, fígado e vesícula biliar.
O médico introduz o endoscópio, um tubo fino, através da sua boca, até a papila (pequeno orifício por onde a bile é drenada). Neste orifício, será introduzido um delicado catéter, por onde será injetado contraste e, com o auxílio do RX, serão avaliadas essas estruturas. Identificada a presença de cálculos, será realizada uma cirurgia da papila e a limpeza do canal. Se identificada a presença de algum tumor da papila ou do duodeno, o tecido será submetido a biópsia e o material encaminhado para análise. Em casos de obstrução, também será avaliada a possibilidade da colocação de prótese biliar para melhor drenagem das vias biliares.

Preparação

  • O exame deve ser previamente agendado no setor de endoscopia, para que se possa junto ao seu plano de saúde conseguir a respectiva autorização e posteriormente o agendamento na hemodinâmica. Para isso, leve a requisição e solicite a orientação da recepcionista da Endoscopia.
  • Se tiver outros exames como RX, tomografia ou ultrassonografia, deve trazê-los no dia do exame.
  • O exame exige uma avaliação anestésica prévia e exame de coagulação (TAP) recente.
  • Permanecer em jejum após as 22h, na véspera do exame.
  • Caso faça uso de medicação para hipertensão ou medicações para problemas cardíacos, deve ingeri-la com pouca água.
  • Não tome antiácidos.
  • AAS ou qualquer tipo de anticoagulantes devem ser suspensos 7 dias antes do exame.
  • Como o exame é realizado na hemodinâmica onde existe radiação, caso haja suspeita de gravidez, comunique ao seu médico.

O que acontece?

  • O paciente é encaminhado ao centro cirúrgico.
  • O exame é realizado na sala de hemodinâmica, com o auxílio do RX
  • O paciente é submetido a anestesia geral.
  • Deve informar ao médico endoscopista e ao anestesista qualquer reação alérgica que já tenha sofrido, se possui alguma doença prévia como (asma, bronquite etc..) e se já foi submetido a alguma cirurgia anterior.
  • O exame é indolor.
  • O tempo de duração do exame varia de 30 a 60 minutos.

Após o exame

  • Após o procedimento, o paciente é encaminhado à sala de recuperação, onde permanece até estar totalmente recuperado da anestesia e o próprio anestesista o irá liberar para o setor ou quarto. 
  • A internação prevista é de 24h, no caso de cirurgia.
  • A dieta será liberada pelo médico que executou o exame.
  • Não havendo nenhuma intercorrência, a alta hospitalar acontece após 24h.

Riscos

O procedimento pode ter complicações como:

  • Reações alérgicas às medicações ou ao contraste.
  • Inflamação do pâncreas (pancreatite) e do ducto biliar (colangite) o que prolongaria a internação.
  • Raramente perfuração do intestino. Porém acontecendo  poderá ser necessária intervenção cirúrgica.
  • Sangramento.

Questões ou problemas:
Em caso de dor, febre, vômitos e fezes pretas após o exame, informe seu médico.

Resultado do exame:
O resultado do exame será entregue ao paciente no dia seguinte. Caso haja biópsias o resultado do anatomo-patológico será entregue ao setor de endoscopia em 7 dias úteis.

Mais informações e orientações:
Com a enfermeira encarregada no Serviço de Endoscopia pelo telefone (47) 3451-3386, das 7h às 18h30, de segunda a sexta-feira. Em caso de emergência, dirigir-se à Emergência do Hospital Dona Helena, para que contate o endoscopista de plantão.