Prevenção das fraturas no fêmur

prevencao_fraturas_femur

O fêmur é o maior osso do corpo humano e dá sustentabilidade para a coxa. Articula-se na sua porção superior com a bacia e na inferior com o joelho, sendo responsável direto pela movimentação dos membros inferiores e pela caminhada. A fratura do fêmur é potencialmente devastadora para o organismo tendo em vista o alto risco de sequelas e infecção.

Fraturas no fêmur

Esse tipo de lesão pode se originar de traumas de alta energia como acidentes automobilísticos, quedas de altura e ferimento por arma de fogo. Também pode ocorrer decorrente de traumas de baixa energia em indivíduos com qualidade óssea ruim como os portadores de osteoporose.

Tratamento

Na maioria dos casos, o tratamento indicado é cirúrgico. Nesses procedimentos, são utilizadas as hastes e placas metálicas e até mesmo as próteses. Isso exige vários dias de internação hospitalar e consequentemente afastamento das atividades trabalhistas por longo período de tempo. Isso porque, a volta à caminhada normal e o suporte da carga do peso corporal requer mais tempo de reabilitação, com tratamento multidisciplinar entre médicos e fisioterapeutas.

Prevenção

A prevenção ainda é a melhor opção. Uso de cintos de seguranças, prudência no trânsito principalmente em se tratando de motociclistas, manutenção em dia dos veículos e uso de equipamentos de seguranças em atividades em altura, dentre outros.

Um público que deve ter cuidado especial com esse tipo de fratura é a terceira idade. Com a melhora da qualidade de vida e consequente envelhecimento da idade populacional, as fraturas decorrentes das quedas de própria altura e até mesmo fraturas espontâneas (que ocorrem sem motivo aparente) vêm se tornando cada vez mais frequentes.

Já existem várias campanhas para prevenção de queda em idosos, em virtude de essa faixa etária ser a mais suscetível a esse tipo de acidente.  Importante os cuidados com pisos molhados, falta de corrimão para se apoiar, tapetes com dobras levantadas, animais de estimação e iluminação do ambiente. Recomenda-se também sempre manter a avaliação da qualidade óssea em dia com orientações médicas.

Rodrigo Kruchelski Machado, ortopedista, integrante do corpo clínico do Hospital Dona Helena, em Joinville/SC.



Deixe uma resposta

Certificações
  • Certificado NBR ISO 9001
  • Joint Comission International Quality Approval
Afiliações
  • Anahp