Coronavírus – Saiba aqui as principais informações sobre a doença

A epidemia do novo Coronoravírus na China provocou um alerta, assustando pessoas do mundo todo.
O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto após casos registrados na China em 31/12/19. Ele pertence a uma família de vírus que causa infecções respiratórias como resfriados e pneumonia.

Como acontece a transmissão?
Da mesma forma que ocorre com diversos vírus de infecção respiratória, a transmissão acontece de pessoa para pessoa, por meio de gotículas ou contato com saliva.

Quais os principais sintomas?

  • Falta de ar
  • Febre
  • Dor no corpo
  • Cansaço
  • Tosse seca
  • Corrimento nasal
  • Congestão nasal
  • Dor de garganta
  • Diarreia

Como se proteger?
– Lave constantemente as mãos com água e sabão ou álcool gel 70%
– Exercite a etiqueta da tosse: quando tossir ou espirrar, leve o braço até a boca
– Evite contato com pessoas infectadas
– Evite tocar olhos, nariz e boca sem higienizar bem as mãos
– Evite compartilhar objetos de uso pessoal como copos e talheres

O coronavírus tem cura?
Até o momento, não há medicação, nem vacina para o tratamento do novo Coronoravírus. Todavia, a OMS afirma que os sintomas podem ser tratados.

Existem casos confirmados no Brasil?
O Ministério da Saúde confirmou o primeiro caso de coronavírus no dia 26/02/2020. O paciente de São Paulo, é um homem, de 61 anos, que veio da Itália. O Hospital Israelita Albert Einstein realizou exame e testou positivo para a doença, com contraprova realizada no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo.
Um segundo caso foi confirmado pelo Ministério da Saúde e a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, no dia 29/02/2020. O paciente é um homem de 32 anos que esteve em Milão, na Itália, país com maior número de casos fora da Ásia.

Como tratar?
O tratamento é suportivo, são tratados os sintomas que o paciente apresentar.
Caso os sintomas apresentados pelo paciente infectado não o levem a internação, este pode se recuperar em casa, evitando o contato com outras pessoas e sempre mantendo os ambientes bem arejados.

Quais os grupos de mais risco?
Idosos com doenças crônicas são os casos mais afetados. Já as crianças, não são até o momento, as principais vítimas.

Quando procurar um médico?
Apenas pacientes com febre persistente e desconforto respiratório, que estiveram em viagem para: China, Alemanha, Austrália, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Camboja, Emirados Árabes, Filipinas, França, Irã, Itália, Japão, Tailândia, Vietnã e Singapura, há menos de 14 dias ou tiveram contato com pessoas que foram ao exterior, devem ir a unidades de saúde, afirma Ministério da Saúde.

Atenção!
Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) indicam que 80% dos casos diagnosticados são leves e apresentam sintomas parecidos com os da gripe.

Desde o início da epidemia na China, o Hospital Dona Helena desenvolveu um plano de contingência específico para o novo Coronoravírus, conforme evidências internacionais, recomendações do Ministério da Saúde e das diretrizes da Acreditadora Joint Commission International (JCI).
Assim, o Hospital Dona Helena vem atualizando e realizando treinamentos do plano de contingência conforme as novas orientações do Ministério da Saúde, com o objetivo de assegurar a oferta de atendimento adequado, bem como a segurança de toda a comunidade.

Fontes:
Organização Mundial da Saúde (OMS)
Ministério da Saúde



Deixe uma resposta

Certificações
  • Certificado NBR ISO 9001
  • Joint Comission International Quality Approval
Afiliações
  • Anahp