image chatbot

Blog
Dona Helena

Portal Minha Vida (SP) divulga orientações de especialistas do HDH

Para evitar que aumente o número de casos de infecção pelo novo coronavírus, a recomendação é que as pessoas só saiam de casa para atividades essenciais, ou seja, para comprar alimentos e suplementos para a casa.

No entanto, muitas pessoas ainda têm dúvidas de como evitar o contágio quando tiverem que ir ao supermercado. Por isso, o médico infectologista do Hospital Dona Helena, Luiz Henrique Melo, e a enfermeira especialista em controle de infecção, Juliana Almeida Nunes, esclarecem algumas dúvidas de como se prevenir nesses casos.

1. É necessário higienizar alimentos quando voltar do supermercado?

Segundo Luiz Henrique, os alimentos que não são cozidos devem ser lavados como sempre foram, não havendo a necessidade de uma higienização diferente ou mais frequente.

2. É necessário higienizar as embalagens e sacolas?

“Não há evidências científicas de que lavar embalagem e sacolas evitará a transmissão de infecção pelo Covid-19”, explica a enfermeira Juliana Almeida.

O infectologista explica que não é necessário e nem prático higienizar tudo que se toca. O mais efetivo é limpar as mãos antes de tocar o rosto ou a boca e manter a distância de 2 metros das outras pessoas que estiverem no mercado.

3. É necessário sempre lavar a roupa quando voltar do supermercado?

O mesmo se aplica para as vestimentas. Juliana diz que não há evidências de transmissão de coronavírus pelas roupas.

“É exagero. Se a pessoa sente que precisa, não é proibido, mas não é essencial e nem obrigatório. A falta dessa higienização das roupas não vai ser essencial nas transmissões”, explica Luis Henrique.

4. É necessário sempre tomar banho depois que voltar do supermercado?

“Banho é necessário por uma questão de boa prática e higiene pessoal, não pelo coronavírus”, explica a enfermeira Juliana.

Diretor Técnico: Dr. Bráulio Cesar da Rocha Barbosa - CRM 3379